Impressionante projeto de arquitetura e construção sustentável (Braga)

Request quote

Invalid number. Please check the country code, prefix and phone number
By clicking 'Send' I confirm I have read the Privacy Policy & agree that my foregoing information will be processed to answer my request.
Note: You can revoke your consent by emailing privacy@homify.com with effect for the future.

Impressionante projeto de arquitetura e construção sustentável (Braga)

Ida Gaspar—homify Ida Gaspar—homify
 Living room by Limit Studio
Loading admin actions …

E quando os projetos são particulares e desafiantes?

Só podemos procurar profissionais que saibam responder da melhor maneira às nossas expetativas, não é verdade?

Por isso, não foi por acaso que os clientes deste projeto entregaram esta obra aos arquitetos do atelier Limit Studio. Sabiam que estes profissionais iriam dar uma resposta à medida dos seus sonhos e desejos.

Basicamente, os clientes pretendiam fazer duas casas numa casa só – uma casa para duas famílias. Neste sentido, os arquitetos da Limit Studio quiseram criar espaços de relação e convívio entre as duas famílias, mas ao mesmo tempo, criar uma certa privacidade, dando o nome Projeto One equals Two.

E o resultado? Está de seguida nas imagens deste artigo. Acompanhe-nos!

1. Alçado tardoz – relação com o espaço comum exterior (jardim e piscina)

A moradia foi planeada num piso só e estende-se num longo bloco, moldando-se às características do terreno e às suas qualidades.

Este grande volume, torcendo-se num L ocupa praticamente toda a extensão entre o terreno e a rua, fechando então a relação desta com o interior do terreno.

2. Alçado principal – entrada na casa

A fachada voltada para a rua é mais fechada, virada para norte.

A frente da casa foi projetada com garagem privativa para ambas as famílias. Por outro lado, a prancha de madeira (material sustentável) cria um contraste muito interessante com o betão, proporcionando uma atmosfera mais quente ao espaço.


3. Como ter uma casa sustentável?

Numa época em que a preocupação ambiental está em cima da mesa, é importante procurar soluções arquitetónicas que respondem a essas necessidades. Assim, os Arquitetos da Limit Studio pretendiam fazer uma construção sustentável PassivHaus, de modo a que a casa fosse eficiente a todos os níveis.

Como referem os profissionais, há várias preocupações a ter em conta para se conseguir tal eficiência com certificado Casa Passiva:

  • forma compacta e sólida
  • distribuição espacial de relação com os vãos exteriores existentes (menores aberturas a norte – maiores aberturas a sul)
  • controlo no número de vãos e respectivas dimensões
  • óptima exposição solar
  • óptimo sombreamento solar
  • isolamento térmico pelo exterior, cobrindo todo o volume da casa sem rupturas
  • estanquidade total ao ar exterior 
  • caixilharias e vidros de grande qualidade
  • sistema de ventilação mecânica
  • instalação de mecanismos de aproveitamento energético (painéis solares)
  • construção cuidada – isolamento térmico com o mínimo de furações.


É de referir que para este trabalho, a equipa da Limit studio teve o apoio da empresa HomeGrid, que fez um trabalho de consultoria ao projeto de arquitetura e engenharia e que os ajudou a ajustar pormenores construtivos para que os cálculos energéticos (PHPP) fossem excelentes.

4. Alçado tardoz – relação com o espaço comum exterior (jardim e piscina)

Nesta perspetiva do projeto, não só pode apreciar o volume generoso do terreno, como verificar, também, a extensão desta habitação.

O jardim e a piscina são outros elementos desta casa que une as duas famílias, em momentos de convívio. Um espaço resguardado e intimista.

Esta construção teve um custo total de 350,000€, sendo que serve para duas famílias. Uma opção que pode ser prática para muitos dos nossos leitores, não acha?

5. Interior – sala comum

Ao descobrirmos um dos espaços interiores desta habitação, percebemos que o estilo moderno continua bem presente. O ambiente desta sala é leve, acolhedor e em comunhão com o exterior.

Quanto à distribuição espacial para os espaços privados de ambas as partes, é feita do centro para os extremos. Entra-se num espaço comum interior das duas famílias, e daí faz-se a distribuição para os espaços privados.

(noutra perspetiva)

Podemos ver aqui que foi desenhada uma claraboia, com vigas de madeira e vidro. Uma ideia moderna, que proporciona uma luz natural incrível ao interior—sem falar da possibilidade de olhar para um céu estrelado, à noite…

6. Pormenor construtivo – secção

Os Arquitetos da Limit Studio cederam-nos também esta planta com os pormenores construtivos desta habitação One equals Two.

📍Se, também, quiser construir a sua casa—uni ou multifamiliar—não hesite em informar-se juntos destes profissionais de eleição:

 Houses by Casas inHAUS

Need help with your home project?
Get in touch!

Discover home inspiration!